Parede em drywall: saiba como usar e seus benefícios

Usado para substituir a parede de alvenaria, o drywall é uma chapa composta por miolo de gesso e face de papel cartão. Em certos casos, ainda pode apresentar enchimentos de lã, para melhorar o isolamento térmico e acústico.

Atualmente, existem três tipos de drywall, com diferentes funções:

  • a chapa branca (ST) é recomendada para forros e ambientes secos;
  • a rosa (RF) é resistente ao fogo;
  • a verde (RU) é indicada para áreas úmidas.

Devido à sua versatilidade, você pode utilizar a parede em drywall em qualquer ambiente da casa, bastando apenas utilizar a chapa correta. Para salas, quartos, corredores ou divisórias internas de ambientes, por exemplo, pode ser usada a branca.

Em certas paredes da cozinha, como aquelas próximas a fogões, fornos e cooktops, o ideal é utilizar a rosa, devido à sua resistência ao fogo. O mesmo vale para áreas de lareira e churrasqueira. Já em banheiros, lavabos, lavanderias e áreas de serviço, é recomendada a verde, por ela resistir à umidade.

Além disso, essa tecnologia também pode ser utilizada em forros e para confeccionar nichos ou prateleiras. Nesses casos, ele funciona perfeitamente para criar diferentes níveis no teto e nas paredes, gerando efeitos de profundidade e conferindo muita elegância ao ambiente.

Em relação às paredes de alvenaria, o drywall tem ótimo custo-benefício, pois costuma deixar a obra em torno de 10% a 15% mais barata; permite esconder instalações elétricas e hidráulicas em sua estrutura interna e não agride o meio ambiente.